Os valores pagos aos profissionais da educação são referentes ao Prêmio Escola Comunitária do Tocantins – ano base 2011/2012

Fruto do planejamento da gestão do Governo Mauro Carlesse, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), o pagamento dos valores referentes ao Prêmio Escola Comunitária do Tocantins – ano base 2011/2012 – foi depositado na conta das Associações de Apoio às Escolas. Realizado há quase 10 anos, até então as premiações não haviam sido efetivadas.

“Pelo compromisso que temos com os profissionais da Educação, reconhecendo especialmente o trabalho dos professores, não poderíamos fazer de forma diferente e deixar que essa premiação continuasse em aberto. Os resultados alcançados pelas unidades de ensino, naquela época, certamente continuam dando frutos e a efetivação dessa premiação é um reconhecimento nosso do trabalho de cada um”, apontou a titular da Seduc, Adriana Aguiar.

As edições referentes ao ano base 2011 e ano base 2012, oficializadas por meio do edital nº 004, de 15 de março de 2012 e edital nº 24, de 04 de julho de 2013, estabeleciam premiações às unidades escolares e servidores, como forma de reconhecer o empenho e dedicação ao trabalho realizado, com foco no processo de ensino e aprendizagem. O Prêmio Escola Comunitária do Tocantins foi elaborado conforme as diretrizes do Prêmio Gestão Escolar (PGE) que é promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

Confiantes na credibilidade e na consistência do referido prêmio, as unidades escolares participantes dos concursos realizaram a autoavaliação e apresentaram as ações desenvolvidas, mas o compromisso com a premiação em pecúnia às unidades escolares e servidores selecionados nas referidas edições não fora honrado conforme previsto.

De posse dessa informação, o governador Mauro Carlesse recomendou a execução financeira aos devidos premiados, por reconhecer a importância do trabalho desenvolvido pelos diretores, equipes gestoras e, sobretudo, pelos professores que muito se empenharam para promover a educação de qualidade em nosso Estado.

“O governador Mauro Carlesse, sempre muito sensível às causas da educação, recomendou de imediato que a Pasta fizesse um estudo e o planejamento para que todos os premiados pudessem recebem o que haviam conquistado pelo seu esforço e dedicação profissional que fez toda a diferença na vida dos estudantes”, ressaltou Adriana Aguiar.

Seguindo um planejamento, no início deste mês do professor, o valor de R$ 607.400,000 foi depositado nas contas das Associações de Apoio às Escolas para que estas viabilizem o repasse às escolas e/ou servidores contemplados, somando um total de 1.725 profissionais da Educação beneficiados com a decisão do Governo.

Professora de biologia, do Centro de Ensino Médio Bom Jesus, em Gurupi, Mirtes Variza Daronch foi uma das contempladas. “Aposentei em 2018 e, por mais que a gente tenha esperança, eu já tinha basicamente esquecido do prêmio. Fico feliz por finalmente recebermos”, pontuou.

A professora também destacou o compromisso do governo com os professores. “É um prêmio de outra gestão e agora está sendo pago. Eu vejo como uma demonstração de que o governo se preocupa com os profissionais da Educação e que quer dar esse incentivo, especialmente para quem continua atuando em sala de aula”.

 

Por: Cláudio Paixão/Governo do Tocantins

 


Compartilhar:

Deixe seus Comentario