Por meio da tecnologia, a iniciativa leva conhecimento aos profissionais de saúde do Hospital Geral de Palmas.

Por meio da tecnologia,a iniciativa levou conhecimento aos profissionais de saúde, principalmente da linha de frente contra a Covid – 19. Erlene Miranda/Governo do Tocantins

No atual cenário pandêmico, a informação em menor tempo faz a diferença quando se trata de salvar vidas. Essa é a função da plataforma de Educação à Distância do Hospital Geral de Palmas (HGP), que completa um ano de atuação e já beneficiou mais de 850 servidores da unidade.

Conforme a responsável pelo Núcleo de Educação Permanente (NEP) do HGP, Michelle Filgueira “em razão da pandemia tivemos a necessidade de capacitar os servidores de forma segura, evitando a aglomeração e evitar a possível transmissão do vírus. Com isso, a ferramenta veio para ajudar os servidores e setores em suas necessidades, mantendo a segurança e democratizando a informação e a qualificação do servidor, no momento em que ele tem disponibilidade de acesso”, comentou.

Cursos

Desde a sua criação, a plataforma tem ofertado cursos como: uso correto de EPIs e medidas preventivas para limitar a transmissão por covid-19; Manejo clínico da covid-19 no hospital da covid-19 no hospital de referência – HGP; Plano de contingência da epidemia pelo covid-19; Amostra biológica para diagnóstico da covid-19; Cuidados de enfermagem na transfusão de sangue e, por fim, uso do SGD – gestão de documentos.

Dentre os profissionais que utilizaram a ferramenta no início da pandemia, está a enfermeira Talita Carvalho Gomes, que atua no pronto socorro do HGP, considerado linha de frente. “O conteúdo foi bem explanado, de fácil compreensão. Agregou conhecimento num momento em que tudo era novo em relação a um vírus, com um alto nível de transmissibilidade”, declarou a profissional.

A ação é promovida pelo NEP em parceria com o Escritório da Qualidade; com o suporte do Núcleo de Segurança do Paciente; Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH); Núcleo de Vigilância Hospitalar (NVEH); Núcleo de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalhador (NASST) e o apoio da direção do HGP e Agência de Tecnologia da Informação do Estado do Tocantins (ATI).

Luciana Barros/Governo do Tocantins


Compartilhar:

Deixe seus Comentario