A retirada foi feita para que equipes que estão construindo a nova ponte possam levar vigas de grande porte ao canteiro de obras. Ponte de Porto Nacional está sendo construída
Thiago Sá/Governo do Tocantins
A ponte de Porto Nacional teve o trânsito liberado nesta quinta-feira (21) após passar dois dias com o trafego funcionando no sistema ‘pare e siga’. O fluxo tinha sido reduzido para que equipes retirassem postes de iluminação que estavam impedindo a passagem de vigas de grande porte que são usadas na construção da nova ponte.
A estrutura atual tem problemas estruturais e só pode ser usada por veículos de pequeno porte, como carros e motocicletas. Por causa disso, a Agência Tocantinense de Obras está fazendo uma nova ponte bem ao lado da primeira. “Os trabalhos evoluíram bem e conseguimos antecipar o término e liberar a ponte antes do previsto”, disse a secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin.
A gestora explicou que a retirada dos postes foi necessário por causa do tamanho das peças pré-moldadas que vão compor a estrutura. As vigas podem chegar a pesar 120 toneladas cada. Mesmo assim, a própria Ageto destacou que a partir deste momento interdições devem ser cada vez mais comuns no local, a medida que as obras avançarem.
A nova ponte deverá ter 1.488 metros, sendo 1.088 de estrutura e 400 metros de aterro. O governo disse que quatro dos seis pilares em terreno seco já estão em fase final de construção e que agora a empresa trabalha nos aterros dos pilares que vão ficar submersos. A obra teve diversos prazos anunciados, o mais recente deles foi para 2022, sem especificar um mês.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins


Compartilhar:

Deixe seus Comentario